A raça

Fusão
de
Qualidades
máximas.

A busca pelo bovino de corte ideal para países de clima tropical, como o Brasil, fez surgir o Blonel. De pelagem curta e clara, que se adapta perfeitamente ao calor e de pele e cascos escuros, sinônimo de rusticidade, tanto os animais puros como seus cruzamentos possuem excepcionais rendimentos, carne saudável, macia e saborosa.

 

 

Durante todo o processo de formação, as pesquisas passaram pelas mais rigorosas testagens e certificações, desde sua concepçao até a degustação.

O resultado? A superação das próprias raças-base, fundamentada no fenômeno científico da “heterose”, potencializando as qualidades máximas de carne, precocidade e conversão alimentar advindas do Blonde com as de rusticidade, praticidade e adaptabilidade do Nelore.

Qualidade

Saúde

Rentabilidade

Processo de Formação da raça

  • Além da chancela oficial do MAPA-Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil que, após extensas análises técnicas das comprovadas superioridades, homologou a raça Blonel, esta inovadora genética também se destaca pelo rigor em todo o seu processo de fundação e seleção.
  • Diferente de outras raças sintéticas, que permitem em suas formações a utilização de diversas raças, especialmente nas porções zebuínas, a raça Blonel obteve rápida padronização ao permitir em sua composição apenas duas raças puras de origem: Blonde D’Aquitaine e Nelore.
  • Em ambas as raças puras de origem, somente é permitida a utilização de sêmen de Touros Provados em Testes de Progênie, que vai muito além das tradicionais avaliações individuais por DEP-Diferença Esperada na Progênie, em razão dos testes serem estendidos também aos descendentes dos indivíduos em avaliação. Assim, as previsões tidas por DEP podem, ou não, ser comprovadas pela real transmissão hereditária.
  • Na França, país referência neste tipo de Programa de Seleção Genética e de onde foram importadas as inúmeras doses de sêmen utilizadas na formação da raça Blonel, todos os touros em Testes de Progênie, depois de terem seus filhos machos abatidos para as avaliações frigoríficas, tem suas filhas recriadas, submetidas à reprodução e controladas até o desmame de seus filhos.
  • À partir de todos os dados obtidos neste trabalho, o touro recebe a qualificação de “Qualités Maternelles”, que pode ser entendido como “Melhorador de Plantel” com uma confiabilidade de resultados muito alta, sendo recomendado pelas associações de raças e pelo Ministério da Agricultura da França, para serem utilizados nos rebanhos visando a obtenção de matrizes formadoras de plantel e de futuros touros melhoradores. (Fonte: Sersia France-Tecnologia francesa em Seleção Genética e Inseminação Artificial)
  • Do lado da raça Nelore, as doses de sêmen utilizadas na formação do plantel fundador da raça Blonel, foram especialmente as de Touros Provados em Testes de Progênie pelo IZ-Instituto de Zootecnia de Sertãozinho/SP, entidade pioneira no Brasil a utilizar este modelo de seleção genética.

E o Resultado?

O bovino ideal para países de clima tropical, como o Brasil. Que une o melhor das duas raças geradoras, sendo extremamente resistente e fornecedor de insumos de altíssima qualidade. 

Fêmea blonel

01.

Fêmea pura Blonel

Novilha pura Blonel com 25 meses de idade, recém parida, demonstrando as qualidades maternais inerentes à raça, como a precocidade e facilidade de parto, com alta produtividade em regime de pasto, no município de Pedreira, Estado de S. Paulo.

Tanto os animais puros  Blonel como seus descendentes de cruzamento nascem  com o corpo bem alongado e cabeça pequena, assim facilitando seus  partos e, após os primeiros dias de vida, já começam a desenvolver suas exuberantes musculaturas.

02.

Reprodutor Blonel

Touro puro Blonel com seus produtos de cruzamento em fêmeas Nelore, criados a campo sob calor de 40ºC no Centro-Oeste brasileiro, município de Araguaçu, Estado de Tocantins, próximo à divisa com Goiás.

Receba Ofertas Especiais

Cadastre seu e-mail para receber promoções e novidades da Blonel antecipadamente.